Lavar as mãos diminui em 40% risco de doenças; saiba como fazer a higienização corretamente 01/06/2018

Ação simples pode reduzir quase pela metade o risco de contaminação por vírus e bactérias


Mesmo com os especialistas recomendando que a higienização das mãos seja feita com água e sabão sempre que necessário, a prática é negligenciada por inúmeras pessoas. Esse hábito básico de higiene pessoal pode reduzir em até 40% a contaminação por vírus e bactérias que causam doenças como gripes, resfriados, conjuntivites e viroses, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Usamos as mãos em diversas atividades do dia a dia e no contato com superfícies a pele entra em contato com microorganismos que ficam alojados nas mãos até que haja a higienização.


Para limpar as mãos de forma eficiente não basta apenas passar o sabonete ou espalhar álcool-gel pelas mãos de forma desordenada. Arecomendação é que a duração da lavagem de mãos deve durar em torno de 30 segundos quando feita com "preparações alcóolicas" (como álcool-gel) e com duração de 40 a 60 segundos quando feita com água e sabonete.


Na lavagem, além da fricção entre as mãos, deve-se espalhar o gel ou ensaboar entre os dedos e sob as unhas. Depois, o enxague deve ser feito de forma a limpar completamente do sabão e no caso do álcool-gel esperar as mãos secarem por completo.