Portal Cidadão

Conheça Cajuru

Sobre

Cajuru é um município brasileiro, localizado na Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP), no estado de São Paulo. A uma latitude 21º16'31" sul e a uma longitude 47º18'15" oeste, estando a uma altitude de 775 metros. Sua população estimada em 2019 era de 26 167 habitantes.

ilustracao de uma menina lendo

História

Proprietária de uma grande extensão de terras e cheia de uma fé piedosa, dona Maria Pires de Araújo , apoiada e em colaboração com seus filhos, doou para o patrimônio da Igreja em 11 de novembro de 1821, um terreno para a construção de uma capela em honra do fundador da ordem beneditina (tendo se tornado, assim, a segunda paróquia mais antiga da agora arquidiocese de Ribeirão Preto, ficando atrás somente da paróquia do Senhor Bom Jesus da Cana Verde, em Batatais, fundada em 1815), a qual foi curada em 16 de março de 1835 e, em volta da qual, foi se formando um povoado que recebeu o nome de São Bento do Cajuru, uma referência ao santo que se tornou desde o princípio orago da cidade e ao nome que os índios que habitavam o lugar o chamavam à época da chegada dos tropeiros: ka'îuru, que significa "boca do mato" em tupi. De início, a povoação encontrou-se sob a jurisdição do município de Batatais, mas o seu crescimento se deu de forma tão rápida para os padrões da época que, em 19 de fevereiro de 1846, o império assentou a criação da Freguesia do Cajuru. A partir daí, tornou-se parte do município de Casa Branca, isso até 10 de julho de 1850, véspera dos festejos de São Bento, quando voltou para à custódia do município de Batatais. Quinze anos mais tarde, em 18 de março de 1865, a cidade foi elevada à categoria de vila. Conseguiu a sua emancipação pouco mais de um ano depois, em 18 de agosto de 1866, considerada, a partir de então, a data de fundação definitiva de Cajuru.

Geografia

Suas terras são brancas, arenosas, mestiças e roxas. A formação florística é variada: campos limpos e campos cerrados. Cerradões e matas frondosas. Possui cachoeiras e é área de recarga do aquífero Guarani. Riquezas Naturais: setenta cachoeiras e quedas d´água (que dão acesso a trilhas e também permitem a prática de esportes radicais), grutas, fauna e flora privilegiada. Trata-se de uma região de amplo potencial turístico, onde o caos das grandes metrópoles ainda não chegou.

Matriz de São Bento Matriz de São Bento
Brasão de Cajuru

O Brasão de armas de Cajuru é constituído de um escudo português clássico, encimado pela coroa mural da cidade. Apresenta na parte superior um campo azul (blau), uma cruz latina, branca, que atesta o espírito religioso sob o qual nasceu o povoado.

Possui também um rancho, retratando o antigo pouso de tropeiros. Dividindo o escudo, uma faixa sinuosa em campo prata, recorda o Rio das Mortes, em cujas margens se localizaram as primeiras edificações e onde as rixas de tropeiros nominaram o curso d'água.

Na parte inferior, o campo de escudo é verde (sinople) e nela se posta a figura de um índia a evocar o nome da cidade (CAA + YURU).

Dois ramos, um de café e outro de cana-de-açúcar, pintados em natural, homenageiam as principais fontes de produção do município.

Fundacão

18/08/1866

Gentílico

Cajuruense

Clima

Tropical

DDD

016

População

23.830 hab.

Área total

660,088km²